ROMULO STUDIO

size_810_16_9_alzheimer

Ação usa a música para ajudar portadores de Alzheimer

Uma recente descoberta da medicina trouxe uma nova esperança para portadores de Alzheimer, doença que atinge 35 milhões de pessoas no mundo.

O estudo realizado pela Instituto Max Planck de Neurociência e Cognição Humana de Leipzig, na Alemanha, afirma que além de o nosso cérebro ser dividido em diversos compartimentos, alocando as nossas memórias em um deles, a música tem seu espaço exclusivo e distinto das demais lembranças, tendo menor chance de ser comprometida pela doença.

Foi baseada nessa revelação que a Mares Filmes decidiu realizar uma campanha que informa o poder da música na vida dos portadores da doença.

Para isso, a produtora convidou a BossaNovaFilms, a Dahouse Audio e a Isobar para a realização de uma ação chamada #MusicasParaSempre, que tem como objetivo engajar famílias e músicos ao redor do Brasil em prol da causa.

O primeiro resultado é o filme “A Viagem de Meu Pai”, que mostra a relação de duas filhas com o pai que vive com Alzheimer. A peça retrata o processo de criação da música feita para Hélio Elpídio de Queiroz diagnosticado com Alzheimer há três anos.

Ele é pai de Camila e Mariana, e avô de Manuela, retratadas pela melodia composta por Lucas Mayer e interpretada pela cantora Ana Julia Zambianchi.

“Mais do que uma campanha queremos transformar essa descoberta da medicina num movimento: quanto mais pessoas compartilharem o vídeo, mais músicos podem compor canções baseadas em outras histórias de vida de pessoas que vivem com a doença”, comenta Eduardo Battiston, Chief Creative Officer da Isobar.

 

 

fonte : examebrasil.

Have your say